15 setembro 2013

Trancado a 7 Chaves


Fanfic / Fanfiction de Inazuma Eleven - Trancado a 7 chaves - Capítulo 9 - Capitulo IX

Capitulo IX

 Aos poucos os primeiros raios de sol timidamente começavam a se mostrar no horizonte. O calor aos poucos se misturava com o frio da noite, dando um leve frescor.
  Em quartos de hotel jovens de um time já se aprontavam para sair.Logo já estavam todos acomodados em um vã e seguiam para o estádio de futebol. No estádio todos admiravam os traços da construção e seguiram para o vestuário, alguns times já se encontravam lá, logo os portões seriam abertos e os cidadãos, estrangeiros e fãs entrariam para que a celebração começa-se.
  O novo Inazuma Japan foi deixado no vestuário e os adultos se dirigiram para a plateia, onde já se encontrava alguns funcionários dando os últimos ajustes. A primeira fase seria para a apresentação dos times e o sorteio dos adversários.
 Minutos depois os portões já haviam sido abertos e uma multidão invadia o estádio eufórico.

        Kirino Ran
  O tão ´´esperado`` dia havia chegado, Kiya havia ido me pegar em casa para irmos para o estádio, estava com um short preto um pouco acima do joelho, uma blusa amarela e roso claro, sapatilha preta também. Resolvi de ultima hora prender meus cabelos em um grande rabo-de-cavalo que chegavam ao meio das minhas costas, usava um óculos escuro que deixei puxando minha franja para trás, vez ou outra quando o a luz do sol agredia meus olhos o puxava para baixo.
  Kiya usava uma calça jeans, tênis, uma blusa branca de manga comprida, um colete preto por cima e seu cabelo chocolate liso estava solto, não posso negar ... estava lindo.
  Nos dirigimos para o estádio no carro dele. Havia muita gente e uma fila enorme. Entramos na fila e ficamos um tempo conversando, ou melhor, o Kiya falando.
 -Vai ser bem legal né? –ele disse alegre.
 -É. –disse olhando para os lados.
  -Tomara que peguemos um bom lugar.
 -É.
 -Quem será que vai jogar contra o nosso time? Tomara que seja um bom jogo.
 -É.
 -...Talvez eu me jogue da arquibancada.
 -É .. QUÊ? Como assim, se jogar? –disse me virando pra ele surpresa.
 -Pensei que não estivesse prestando atenção no que dizia. – ele disse rindo.
 -Claro que estava. – disse ainda o olhando e movendo a mão para enfatizar minha fala.
 -Agora eu sei. –riu de novo.
 -Ah! Olha, ótimo, estão abrindo os portões, vamos entrar. –disse me virando para começar a andar e então senti algo segurando minha mão.
 -Segure minha mão para não nos perdermos. –Kiya disse apertando minha mão esquerda.
 -Hãm?! ... Tá, tá bom. – ele apertou um pouco mais minha mão e a fila começou a se mover.
  Pouco a pouco fomos adentrando o estádio, uma boa sensação percorreu pelo meu corpo, algumas lembranças de quando jogava na Raimon e o sentimento de que claro os representantes do Japão também estariam aqui.
 Depois de mais um tempo andando encontramos nossos lugares e nos sentamos. Compramos alguns refrigerantes e outras coisa que vendiam. Conversamos um pouco e logo foi anunciado o inicio da primeira fase, a multidão com os times que entravam em campo, algumas pessoas se levantavam para ver melhor os telões que já estavam posicionados na entrada do campo, filmando cada time.
  Então foi anunciado o novo time da seleção Japonesa, meu coração disparou e corri meu olhar pelo campo por alguma razão, procurando alguém que deveria esquecer.
 Os times ficaram todos organizados no campo e então uma voz anunciou que os rivais começariam de ser escolhidos. Dois telões apareceram na parede e os nomes dos times forma passando rápido e em alguns segundos o primeiro rival do time do Canada foi sorteado ... Japão. Ouvi algumas manifestações e assovios e então outros rivais começaram a ser sorteados. Depois de todos os nomes sorteados houve uma pausa antes de as apresentações dos times fossem feitas.
  Algumas musicas começaram a tocar, algumas pessoas dançavam se divertindo, outras iam falar com conhecidos.
 -Vou comprar algo para nós, quer o que Ran? – ele disse pegando a carteira ainda sentado ao meu lado.
 -Não quero nada não Kiya, obrigado. – disse o olhando e foi então que a câmera do beijo, uma brincadeira com os espectadores começou, filmando vários casais que de imediato se beijavam e trocavam caricias quando apareciam no telão. A cada beijo o estádio ia ao delírio e riam, gritavam muito. – Acho legal isso. – ri-
 -Também ... hãm ... Ran .. –Kiya disse chamando minha atenção para o telão onde aparecíamos.
 Meu coração disparou, isso nunca tinha acontecido e agora teríamos de nos beijar, vi que ele ficou envergonhado, então beijei seu rosto, causando uma grande gritaria, ele ficou um pouco vermelho e não pude conter o riso.
 -Vou ao banheiro, tudo bem? – disse me levantando.
 -Ah .. tudo sim. – ele disse ainda envergonhado, soltei mais uma risada e segui para o banheiro.

 Tenma Matsukase
 Eu, Shindou, Shinsuke e Kariya estávamos sentados perto um do outro conversando vez ou outra, as arquibancadas já estavam lacadas e logo foi anunciado  que seria iniciado a escolha dos rivais e a apresentação dos times. Depois de todos os times terem sido chamados e os rivais escolhidos o destaque foi para o rival do time do Canada que seremos nós, o jogo de amanhã já começaria com nosso time.
 Eu estava com uma calça cinza jeans, blusa preta e uma camiseta vermelha por cima, meu cabelos continuava com o mesmo desenho de quando era menor; Shindou estava do meu lado com uma calça jeans também, camisa preta com coisas escritas em verde ,seu cabelo havia crescido um pouco mais e agora ele o prendia um pouco atrás como em seu mixi-maxi; Shinsuke havia crescido nesse tempo  mas continuava com os cabelos e a faixa azul, ele usava um short bege e uma camisa verde; Kariya que estava mais afastado estava com um short jeans, camisa preta e jaqueta jeans.
  Depois de tudo escolhido houve uma pausa e alguns casais eram filmados e por consequência se beijavam com num jogo, havia bastante alvoroço quando isso começou.
  -Aff , que coisa boba. – Kariya disse sua cara de sempre.
  -Eu não acho boba. – disse olhando para o telão – Olhem só que ... – do nada a câmera foi colocada em um casal e um deles era ...
  -Kirino! – Kariya disse se levantando.
  -Sabia, ela estava aqui sim. – Shinsuke disse olhando para o telão.
  -Quem é aquele do lado dela? –Kariya disse ainda de pé se virando pra mim.
  -Sei lá. – disse e olhei para Shindou do meu lado, ele ainda olhava para o telão de me virei em tempo de ve-la dando um beijo no jovem ao seu lado, que tinha os cabelos da cor dos do Shindou e era bem vestido, Kirino também estava bem, tinha deixado o cabelo crescer. –Shindou ... –disse me virando para olha-lo, mas ele já estava de pé de costas. - Hãm? Vai ver ela?
  -Vou sair daqui Tenma.
 -Sair daqui para ir falar com ela néh?
  -Não... vou sair daqui.
  -Como assim? Não vai falar com ela?
   -Não Tenma.
   -Como assim ´´não Tenma``? Esteve procurando por ela esse tempo todo e agora que a encontrou não vai falar com ela? Vai deixa-la partir... de novo? – me levantei e fiquei o olhando ainda de costas.
  -Ela esta bem acompanhada não ve Tenma? –disse e saiu andando, abaixei o olhar e vi Shinsuke e Kariya me olhando.
   -Ash que cabeça dura.
  -Ótimo então eu vou lá ve-la. - Kariya se levantou e começou a pegar suas coisas.
   -Não,não. Eu vou. Conseguiram ver onde ela estava? – me virei para Shinsuke.
   -Sim, logo ali em cima. – Shinsuke disse apontando para onde agora só estava o jovem.
   -Vão atrás do Shindou, eu vou subir.
   -Vou junto com você.
   -Não Kariya, vá junto com Shinsuke conversar com o Shindou.
   -Quero a ver viu Tenma.
   -Ta Kariya, agora vão.
   Disse indo na direção que Shinsuke apontou, logo avistei o jovem que estava do lado dela. Ele estava meio distraído com alguma coisa no celular, parecia uma mensagem de texto.
   -Olá. –disse chamando sua atenção  e ficando do seu lado.
   -Há! Olá ... desculpe, mas eu te conheço?
    -Creio que não. Sou Matsukase Tenma, sou amigo da Kirino. Esse é o nome da moça que estava com você neh?
    -Não tenho lembranças de ela ter mencionado você em nossas conversas. – ele me olhava agora, parecia desconfiado, acho que não deveria ter falado tão rápido que eu a conhecia, mas agora não tem como voltar.
   -É que ocorreu um problema enquanto ela estava no Japão e quando ela veio morar com o pai acabamos por perder o contato.
   -Hmm... serio?
   -Serio sim. Estou logo ali em baixo com alguns amigos e conhecidos dela e quando filmaram vocês ficamos muito felizes em encontra-la de novo.
   -Que bom, mas como pode ver ela não está aqui, teve de sair um pouco.
    -Que pena ... queria muito conversar com ela. Será que poderia passar o numero dela para mim? – caramba que cara chato, foi ter que falar mais para ele acreditar? Vai diz que pode passar vai...
    -Claro, amigos da Ran são meus amigos.
   Ele disse pegando uma caneta e um pedaço de papel, o vi escrevendo alguns números duas vezes e o nome dela e o dele em cima de cada um.
   -Sou Kiya Hantsue, sou amigo dela. – ele estendeu a mão de entregando o papel.
   -É um prazer.
   -É um prazer também. – o vi sorrindo e correspondi.
    -Há! E por favor, não conte para ela sobre mim, agora, quero fazer uma surpresa sabe.
    -Tudo bem... Matsukase Tenma. – o ouvi dizer a primeira parte da frase normalmente, me virei, dei alguns passo e mesmo assim, mesmo baixo pude ouvi-lo dizer meu nome em um tom diferente do de antes, não me virei e segui até encontrar Shinsuke e Kariya.
   -Cadê ela Tenma? –Kariya disse correndo os olhos em mim.
   -Ela não estava lá, e o Shindou? Falaram com ele?
   -O maestro tá nervosinho, não quis ouvir a gente. –O verdinho disse colocando as mão a trás da cabeça, ainda tinha essa mania.
    -Ash ... depois cuido dele eu. Falei com o garoto que estava junto com ela e consegui o numero. Agora preciso da colaboração de vocês para juntar os dois.
    -Mas de novo? – Kariya com certeza estava com ciúmes. –Todo mundo viu no que deu seu ultimo plano de junta-los.
    -Eu ajudo. –Shinsuke sorri. – Tenma vela jeito pra esse negocio.
    - Eu não vou ajudar.
   -A ótimo Kariya. Era exatamente isso que eu precisava que você falasse.
   -Ham... era?
    -E então Tenma o que vai fazer.
    -Estou pensando ainda. –Não teria tempo mesmo para pensar agora, o intervalo já estava acabando. Vi ela se sentar novamente com ele e conversarem um pouco, logo a atenção de todos foram levadas para o campo onde as apresentações começariam.
   Ficamos até o final para esperar os meninos do time. Depois seguimos para o hotel. Shindou já estava no quarto de cara fechada, até entendo o lado dele, mais Kiya e ela são amigos, não há pelo que se preocupar. Mas mesmo assim tinha de pensar em algo rápido. Amanhã seriamos os primeiros no campeonato, tomara que tenhamos sorte ... no jogo e para juntar os dois.

  Kirino Ran
 Depois do termino do torneio Kiya me levou para comer, conversamos um pouco mais, ele estava um pouco diferente desde que voltei do banheiro no estádio. Uma curiosidade repentina de onde eu morava antes de vir morar em Ottawa, se tinhas amigos. Respondi em partes todo seu questionário o que me deixou um pouco confusa.
  Um pouco depois ele me levou para casa e Kiya ficou para jantar conosco e foi embora. Conversei mais um pouco com meu pai e logo subi para meu quarto. Por alguma razão varias vezes meu pensamento me levou a Inazuma, todos os momentos que passei lá, com esse torneio algumas lembranças sobre o time e Shindou tomaram meus pensamentos, o que me causava uma certa dor.
  Entrei no meu quarto de fui para o banheiro, precisava de um banho. Retirei minha roupa, abri e fechei o box, girei o cilindro de inos e em seguida algumas gotas começaram a cair.  Esperei um pouco até a temperatura da agua estar agradável e entrei. A agua corria pelo meu corpo de causando uma boa sensação, fechei meus olhos, pude sentir uma pequena corrente de ar frio entrando pela janela, o que me causou um pleno arrepio, a fechei e continuei com o banho.
  Depois de mais alguns devaneios no meu banho sai e fui me trocar, coloquei meu pijama e deitei, meu pai certamente estava no escritório e preferi não o incomodar. Deitei o logo o sono me empalou pela noite.

                  ______________xoxoxoxoxoxox___________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar!
Sua opinião é muito importante e nos serve de incentivo para melhorar!

© STM - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: J - (créditos também a:, ,,,).
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo